Esta quarta-feira (04/05) das 8h ás 12h, o Cipem (Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso), junto a demais entidades ligadas ao setor produtivo do Estado, entre elas a Amef (Associação Mato Grossense dos Engenheiros Florestais) e CREA-MT, participaram, da revisão das normas para manejo florestal na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), realizadas pela Associação Brasileira de  Normas Técnicas (ABNT).

O encontro que é promovido pelo órgão ambiental apresentará o Grupo de Trabalho de Manejo de Florestas Nativas e os membros da Comissão de Estudo Especial em Manejo Florestal da ABNT.

Este grupo discutirá ao longo de 32 meses a revisão do regulamento de n° 15.789/2013 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que estabelece os princípios, critérios e indicadores para o manejo sustentável de florestas nativas no país.

O coordenador do projeto, Marcos Antônio Camargo Ferreira, explica que o objetivo da reunião é apresentar o Grupo de Trabalho (GT) que representará Mato Grosso nas discussões nacionais, a fim de tratar as normas de manejo florestal existentes e a dinâmica dos processos oficiais de certificação no Brasil.

“No Estado de Mato Grosso, a atividade de base florestal vem se ampliando. As conformidades com os padrões adotados nacionalmente, em consonância com os padrões internacionais, garantirão uma ampliação no mercado externo assim como maior grau de sustentabilidade as atividades realizadas em campo. Este projeto é componente de uma proposta maior de revisão das Normas de Manejo Florestal pela ABNT, cuja responsabilidade pela relatoria atualmente é da SEMA-MT”, explicou.

Reunião

Em reunião prévia com a Sema nesta segunda-feira (02) Valdinei Bento dos Santos, diretor executivo do Cipem, ressaltou a importância da participação do setor produtivo nessa discussão.

“Poder contribuir com esse processo que é de extrema relevância para o segmento é sem dúvida uma grande oportunidade. É um momento de construção entre o governo  e o setor produtivo de MT, entretanto, saliento que precisamos garantir a continuidade desse trabalho, sem que a mudança de pasta ou governo venha atrapalhar o procedimento” avaliou o executivo.

Para o vice-presidente da  (Amef), Benedito Carlos Almeida a ocasião será um grande passo, uma vez que se permitirá a contribuição e ampla discussão do tema com todos os envolvidos no projeto.

“A participação dos profissionais da área florestal, garantindo extensa participação é fundamental, uma vez que a ação nos colocará a par das alterações e nos permitirá contribuir com mudanças que impactam diretamente o setor produtivo”, ressaltou.

Evento

A coordenadora da Comissão de Estudo Especial em Manejo Florestal da ABNT (CEE), Pollianne Dionor Schwabe, fará a apresentação do GT. No evento, o grupo de trabalho lançará uma proposta de revisão conjunta, de forma que os interessados e envolvidos nas atividades de base florestal, em especial o manejo florestal de florestas nativas possam contribuir na construção da proposta.

A consulta estará disponível ainda nesta semana no site da Sema http://www.sema.mt.gov.br/. “Esperamos contribuições de todo cidadão interessado no tema, assim como de empresas, movimentos e organizações da sociedade para elaborarmos as mudanças necessárias que atendam tanto o setor de base florestal como os preceitos da sustentabilidade”, afirma o coordenador Marcos Ferreira.

SEM COMENTÁRIOS